Educação - a base do sucesso

" A educação é o alicerce onde se edifica uma vida de sucesso. Sem sustentação o ser apenas sobrevive. Se a base é sólida, ele dará sempre os melhores frutos." Reynaldo Gabarron

Bem-vindo

Seja Bem-vindo ao Repartir o Saber - Que o nosso conhecimento cresça junto - Estendemos o tapete vermelho para quem valoriza o conhecimento
Seja bem-vindo!
Sua visita é muito importante para nós. Acredite!

Manter um portal de informações não é uma tarefa fácil. Para cada visitante a gente sempre vai sempre estender o tapete vermelho. Graças a Deus que passamos da fase de receber de uma a cinco visitas por dia. Mas queremos ser como o conhecimento que nunca para de crescer.

É com amor que compartilho este trabalho, aqui tem muitas experiências de vida, principalmente em concursos e empregos. Também quero trocar informações com vocês sobre Administração de Empresas, Contabilidade, Recursos Humanos, Psicologia, Filosofia, Amor, Relacionamentos e Arte.

O conteúdo do blog é totalmente aberto a sugestões. Proponha novos temas e tópicos ou escreva. Será uma honra publicar. Também aceitamos postagens de outros blogs. Os créditos são sempre do autor.

Os outros visitantes aguardam seus comentários nas postagens. Suas opiniões serão sempre bem-vindas.

Já está disponível para download o e-book sobre concursos públicos. E estamos finalizando o e-book do Currículo, que será lançado em 21/03/2011.

Nossos visitantes antigos podem não ter notado, mas desde 10/03 as 22:00, estamos em novo endereço. Quem acessa por http://repartirosaber.blogspot.com, poderá acessando normalmente, mas o http://repartirosaber.com.br, está disponível e mostra que viemos para ficar, pois mesmo sendo sem fins lucrativos, pagar R$ 30,00 por ano da assinatura do .com.br não deixa ninguém mais pobre e torna o trabalho muito mais profissional.

Estamos sempre atualizando conteúdo e a cada atualização você saberá na hora. Basta assinar nossa Newsletter ou nosso Feed.

RSS Feed - Repartir o Saber - Inscreva-se para obter nossas atualizações
A Newsletter será enviada, somente mediante prévia autorização. Os e-mails são cadastrados com total segurança e estão livres de SPAM. A Google não nos informa quais são os e-mails dos nossos leitores, a lista é fechada. A qualquer momento você pode deixar de receber as mensagens, basta descadastrar.


Enter your e-mail address:

Delivered by FeedBurner

Estamos à disposição no E-mail repartirosaber@gmail.com
Você também pode seguir nosso
Twitter: @repsaber e @reypg

E-book sobre Currículo - Grátis para Download

O E-book Guia do Currículo foi feito para ajudar na elaboração do seu CV. É composto por várias dicas explicando cada um dos tópicos do seu currículo e como fazê-lo cumprir com seu objetivo principal que é servir de ponte entre você e seu novo emprego.

Como foi feito no Ebook Guia para Concurseiros, a distribuição deste será gratuita, sendo permitida a leitura, impressão e livre cópia. Porém os direitos autorais são exclusivos do RepartirOSaber.com.br. Você poderá colocá-lo em seu site ou blog para download, desde que citada a fonte.

Se você chegou até aqui é porque busca uma recolocação profissional, e esperamos ajudar das formas que estiverem ao nosso alcance. Também sugerimos as Dicas para Concursos Públicos.

Para fazer o download, basta clicar em E-book Guia do Currículo.



A sorte realmente ajuda a passar na prova de um concurso público?

Porque falar de sorte?


A inspiração desta postagem veio de um comentário que eu ia replicar ao nosso leitor Leonardo no Post Como passar em Concursos Públicos. Quanto mais argumentos eu tentava buscar para defender a tese de que a sorte era pouco importante, mais eu me convencia do contrário.

Vamos imaginar uma situação hipotética de um concurso com 10.000 candidatos, 100 vagas a serem preenchidas com o restante para cadastro de reserva, resultando em 100 candidatos por vaga. Neste mesmo exemplo ainda podemos ter 80 questões com 5 alternativas possíveis e o candidato analisado não sabe 4 questões.

Analisando um exemplo

Agora segue a suposta colocação, com critérios de desempate nesta ordem: Idade, peso das questões de conhecimentos específicos, peso de conhecimentos em gramática, distância do local do trabalho, considerando local informado na data da inscrição.


1º - 71 Pontos
2º - 71 Pontos
3º - 71 Pontos (3 Candidatos)
4º - 70 Pontos
...
11º 70 Pontos (8 Candidatos)
12º 69 Pontos
...
38º 69 Pontos (27 Candidatos)
39º 68 Pontos
...
89º 68 Pontos (51 Candidatos)
90º 67 Pontos
...
100º 67 Pontos (11 Candidatos)
...
178º 67 Pontos (78 Candidatos não chamados mas com a mesma pontuação do 90º)
179º 66 Pontos
...
3279º 43 Pontos – Aprovado por ficar acima da nota de corte, porém nunca será chamado.

Mesmo com 100 vagas abertas, a convocação não é tão imediata, pois depende de vários atos administrativos em conjunto, que podem ser influenciados por período eleitoral, eleições feriados. Durante os 4 meses finais temos os feriados de 07/09, 12/10, 02/11 15/11 20/11, feriados municipais, greves, festas de final de ano poderão reduzir os 4 meses finais a menos de 60 dias úteis. Falta de sorte ser convocado neste período.

 


Fator Idade e recursos
 


O 3º colocado pode ter o azar de ser mais novo ou de ter uma questão que acertou anulada. Neste último caso a questão é dada com certa para todos os candidatos e todos pontuam. Se os dois primeiros errassem uma questão que foi anulada, se beneficiariam por isso.

Empate? Vamos decidir na sorte!

 

Voltando no suposto concurso: O 3º, 4º, 38º, 39º e 90º responderam à prova exatamente da mesma forma, acertaram 67 questões, erraram direto 9 questões e chutaram 4. Podendo ter acertado 4, 3, 2, 1 ou nenhuma das que chutaram. Não é fácil classificar a sorte ou o azar deles pela probabilidade, e nem é esse o intuito, porém acertar as 4 questões represente 0,16%, 2 acertos é igual a apenas 4% e 1 acerto é igual 20%.


Vamos imaginar que dentre os 4 candidatos, 2 analisaram as estatísticas de respostas, resultando na seguinte contagem:

A=13 B=14 C=12 D=15 E=13

Segue análise das alternativas da 1ª questão:

a) Improvável
b) Improvável
c) Provável
d) Provável
e) Improvável

Sem ler o enunciado,
chegamos à conclusão que a resposta com 95% de certeza é a c), pois a d) saiu
mais vezes e elas mantém uma mesma proporção.

Partindo para a 2ª questão temos a seguinte contagem:

A=13 B=14 C=13 D=15
E=13

Com as seguintes alternativas:

a) Provável
b) Provável
c) Improvável
d) Provável
e) Improvável

Agora fica mais difícil, pois tanto a a) quanto a b) foram menos marcadas, porém se acharmos que a d) é provável, como já foi marcada várias vezes é pouco provável que se repita. Um bom chute seria a a), pois tem menos marcações.

Atualizando a contagem:

A=14 B=14 C=13 D=15 E=13Agora proponho um dilema:

A 3ª questão apresenta
a seguinte configuração

a) Provável
b) Provável
c) Improvável

d) Provável
e) Provável

Pela análise da questão temos certeza que apenas a alternativa c) está errada, e todas as outras são possíveis. Neste caso passamos para a 4ª:

a) Improvável
b) Improvável
c) Provável
d) Provável
e) Provável

Se marcarmos e) nas duas, essa alternativa atinge o valor máximo, porém é provável que apenas uma delas seja e).

A c) também tem poucas marcações, tantas quanto a e), porém pela análise sabemos que ela possivelmente não é a certa na 3ª.

A a) e b) apresentam uma marcação a menos que 15, podem ser consideradas, porém como a variação delas é pequena ela pode ter sido distribuída nas alternativas erradas (as 9 citadas no começo do exercício). E como dificilmente o candidato sabe qual errou exatamente, é necessário relacionar as que temos quase 100% de certeza para depois fazer o “chute”. Em resumo, eu arriscaria e) na 3ª e c) na 4ª.

Foi apenas um exemplo de como chutar, cada um pode desenvolver o seu método próprio. Até mesmo a sorte exige técnicas. Eu até acredito em sorte e em outras coisas intangíveis do plano espiritual. Mas são só pontos de vista e opiniões. Compartilho o que creio que pode somar, porém se para 4 questões a sorte ajudou, para as outras 67 foi a preparação e o domínio da matéria. Mas o fator sorte pode significar a diferença entre a 3ª e a 90ª colocação.

Outra técnica menos eficaz que pode ser usada é listar as alternativas que saíram menos e chutar mais vezes nelas, com poucos ou nenhum critério. Um exemplo seria “chutar d) de Deus. No exemplo acima das 4 questões duvidosas não daria resultado, porém nas duas últimas se tivéssemos escolhido a e) pensando que em ambas elas são respostas coerentes e prováveis (analisando pelo conteúdo da questão) e também saíram pouco (até então 13 vezes), seria tão válido quanto colocar e) e c). É muito comum letras se repetirem mais de 3 vezes, porém quando contamos quantidades consideráveis vemos que sempre é respeitada a proporcionalidade.

Importante: A técnica do chute não deve ser usada em provas onde uma questão errada anula uma certa, ou duas erradas anulam uma certa.

Considerações do Editor

 

Escolha o seu critério para chutar, seu “santo protetor” ou amuleto da sorte, mas principalmente, lembre-se de que na mega-sena são 6 dezenas em 60 disponíveis em um jogo que custa R$ 2,00. Em um concurso costumam ser 5 possibilidades em para cada uma das 60, 80 ou 100 disponíveis, um pouco mais difícil que a mega se contar apenas com a sorte. E o “jogo” que custa de R$ 20,00 a R$ 200,00. Arriscar ou estudar? A escolha é sua!

Esta postagem sobre a influência da sorte será incluída na versão 2.0 do
Ebook sobre Concursos Públicos, que ainda não está pronta pois também aguarda mais dicas de como chutar certo em concursos. Temos uma ordem para lançar os livros eletrônicos, e o e-book sobre Currículo
está quase pronto. A versão 1.0 do Ebook para concursos está disponível para download.

 

 

A melhor maçã deve ficar no topo da árvore.

Assim como as melhores maçãs estão no topo, a árvore também cresce, e a maçã fica cada vez mais difícil de ser alcançada. Com ventos e tempestades algumas maçãs que querem crescer junto com os galhos, acabam caindo, mas independente da tormenta, ela deverá se manter firme, pois mesmo que se sinta mais confortável no chão para facilitar a colheita, não sabe o quanto valerá a pena esperar.

Independente dos problemas e decepções que a vida nos traz, devemos conservar firmes nossos ideais, não abrindo concessões que nos magoariam em um futuro próximo. Se alguém apresenta um defeito no início da relação, a tendência é piorar. Costuma se dizer que as mulheres esperam que o homem mude e eles acreditam que ela nunca vai mudar.

Se de fato sabemos o que queremos para nós e ao nosso lado e o coração já fez a escolha, devemos deixar a cabeça referendar, mas se escolhemos com a cabeça, o coração pode nunca aceitar. O ideal é agradar a "gregos e troianos". Uma perfeita harmonia em se imaginar velhinho com a pessoa e ela ser o que há de mais importante no mundo, tanto hoje quanto nos próximos 80 anos.

Mesmo que tenhamos que passar uma vida escalando a árvore é melhor do que passar a vida se arrependendo das centenas de maçãs do chão, sem gosto.

Este texto foi escrito no aniversário de uma pessoa muito especial, e foi baseada na conhecida crônica do Machado de Assis:

"Mulheres são como maçãs em árvores.
As melhores estão no topo.
Os homens não querem alcançar essas boas, porque eles têm medo de cair e se machucar. Preferem pegar as maçãs podres que ficam no chão,
que não são boas como as do topo,
mas são fáceis de se conseguir.

Assim as maçãs no topo pensam que algo está errado com elas,
quando na verdade, eles estão errados...

Elas têm que esperar um pouco para o homem certo chegar,
aquele que é valente o bastante para escalar até o topo da árvore."

Parabéns por você ser simplesmente VOCÊ, e única!!!

Praia Grande, 22/02/2012

Concursos Públicos

Repartir o Saber - Faz o Conhecimento Crescer
Concursos Públicos

Além de ser o tema principal do site, é a nova febre do momento.

Para você não tentar pegar o bonde andando, reservamos pra você um lugar na janela.

Várias dicas que vão desde como se preparar para a carreira pública, ler e entender o edital, como e o que estudar, dicas para a hora da prova e tudo o que eu puder passar da minha experiência como concurseiro.


e-book - Concursos Públicos

E-book Concursos Públicos - Download

Este e-book é parte integrante do Site Repartir o Saber – http://repartirosaber.com.br

O autor Reynaldo Gabarron disponibilizou o conteúdo para livre cópia, leitura e impressão,porém os direitos de edição são exclusivos.
Qualquer ação contrária às diretrizes acima viola as leis de direitos autorais. Porém você pode distribuir este material à vontade, mesmo que em seu site, blog ou enviar o e-book ou o link por e-mail, Desde que citada a fonte de origem – o Blog Repartir o Saber

Espero que este guia possa ajudar aos concurseiros de todas as formas possíveis, visto que seu conteúdo é bem amplo, porém mutável. Qualquer sugestão, dúvida ou crítica será bem-vinda. Assine este e outros e-book pelo e-mail repartirosaber@gmail.com .

Reynaldo Gabarron

Para fazer o download, clique: E-book Concursos Públicos

Download Concursos Públicos E-book



Recolocação Profissional

Concursos, Empregos, Cursos Grátis, Repartir o saber te ajuda a Acertar Alvo

Tópicos Principais:
  1. Objetivos
  2. Empregabilidade e Empresabilidade
  3. Como elaborar e melhorar o currículo?
  4. Melhorando o currículo, faça a internet trabalhar por você
  5. Currículo pronto, e agora? (Enviar o currículo)
  6. Currículo Online – Website pessoal
  7. Cadastros OnlineEmpresas de RH / Trabalhe conosco
  8. Considerações Finais
Destina-se a quem ficou desempregado recentemente e não quer continuar esquentando o banco, ou a quem está um tempo na fila e quer voltar ao mercado de trabalho.


Dicas para procurar emprego via internet e fora dela, como elaborar e melhorar o currículo, cursos grátis, etc.

Empregabilidade e empresabilidade, demanda e oferta de vagas, postura em entrevistas, e o que influencia no mercado de trabalho.

Concursos Públicos - Depois da Tempestade vem a bonança

Concursos Públicos - Surge o sol entre núvens
Após o espetáculo do crescimento econômico e o orgulho de ser a quarta economia que mais cresce no mundo, vem a conta de tantos gastos - bem ou mal planejados, não vem ao caso. O que importa é quem vai pagar a conta, todos nós brasileiros e principalmente os concurseiros.

Um governo que não sobrevive sem gastar também não sobrevive sem mão de obra. A real prova disto é que além de ser o governo que mais gastou nos últimos oito anos, também foi o governo que mais gerou empregos, públicos e privados.

Talvez não tenhamos todas as informações para julgar a coerência do corte, mas sofremos as conseqüências e também temos que aproveitar a situação a nosso favor. Só quem realmente está preparado vai sobreviver à tempestade. É hora de abaixar as velas e traçar o plano de ação. Estudar. Pois uma coisa é fato, o crescimento econômico gera demanda por gente especializada, pois o trabalho do "peão" pode ser substituído pelo da máquina.

É como eu sempre digo: Uma carreira pública é um projeto a logo prazo, e como tal não deve ser feito com base na situação atual, mas também na projeção futura.

O INSS está tentando realizar o concurso há vários anos. O concurso dos correios foi cancelado no dia 24/01/11, pois a quantidade de vagas que eles deveriam abrir seria muito maior que as do edital que ia sair. Cancelaram para fazer mais estudos para novas vagas.

Segundo a lei do mercado: oferta e procura, a tendência é de muito mais postos de trabalho quando a suspensão terminar. Talvez até mais que o que abriria neste começo de 2011. Portanto talvez aumente muito as exigências de qualificação e a taxa de inscrição. Em contrapartida é mais provável que diminua o preço dos cursos preparatórios.

Quando acabar a suspensão, todos vão querer fazer as inscrições ao mesmo tempo. Será mais difícil passar. Mas será muito melhor para quem não parou de estudar. Continue estudando com dedicação.

Eu recomendo o download e a leitura do ebook sobre concursos públicos que o Repartir o Saber disponibilizou recentemente