Concursos Públicos – Parte prática - Bons estudos

Edital, Leia-o e Estude Corretamente
Vamos começar a estudar? Inicialmente, em 95% dos concursos, a matéria mais cobrada é a língua portuguesa, seguida pela matemática (mais de 50% dos casos) e por disciplinas pertinentes ao cargo, emprego ou função. Além das matérias básicas, estude as que com certeza se encaixarão no perfil de concursos que você escolheu.

Algumas são figurinhas carimbadas, principalmente em concursos federais, como por exemplo Direito Constitucional e Administrativo, Lei 8.112/90, do regime jurídico do funcionalismo público federal, 8.666/93, a lei das licitações, lei da modalidade de pregão 10.520/02 (fazem parte do direito administrativo) e outras leis que estejam relacionadas em editais de concursos similares.

Se você quer fazer um concurso em uma determinada cidade, estude a Lei Orgânica do município e a história da cidade. É muito comum em São Paulo – SP e nas cidades do litoral cobrarem nas provas o que Padre Anchieta fez, ou quem fundou determinada vila.

Esses detalhes você não terá tempo de aprender se esperar o edital sair. Outra vez eu falo do planejar-se.

Assim como esses detalhes fazem toda a diferença em um concurso municipal, na esfera federal não poderia ser diferente. Se você viu algum órgão público que faz tempo que não abre concurso, prepare-se. Saia na frente. Se você for falar com alguém no INSS, vão dizer que tem vários anos que não tem concursos e o quadro precisa crescer logo, pois muitos estão se aposentando. Saia na frente. Pesquise o regimento interno do INSS e outras leis que trabalham em conjunto com esse Instituto.

Nem preciso dizer da educação, se for seu foco, devore a Lei de Diretrizes e Bases e Estatuto da Criança e do Adolescente – LDB e ECA. Abrem vários concursos para a área da educação, também para nível médio e fundamental.

Também, podemos citar concursos como os do Bacen (Banco Central), Caixa Econômica, Banco do Brasil, entre outros na área financeira que além das matérias acima citadas, são comuns raciocínio lógico, matemática financeira, conhecimentos bancários, etc.

Nenhum comentário: